Rádio Cenecista de Picuí

Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Antônio Coelho Dantas

Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Antônio Coelho Dantas

A Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Antônio Coelho Dantas, está localizada a rua Jorge Mendonça, n° 200, Centro, Nova Palmeira, Seridó paraibano.

Colégio Antônio Coelho Dantas (ACD) (Imagem: Divulgação/Facebook)

HISTÓRICO

A escola foi fundada através de um Projeto de Lei n.º 54/78 de 18 de agosto de 1978, de autoria do deputado estadual da época, Evaldo Gonçalves de Queiroz.

No início a instituição foi chamada de Educandário Municipal Antônio Coelho Dantas, criado pela Lei Municipal n.º 13/77, publicado em seu Diário Oficial, em 17 de fevereiro de 1977, baseado na Lei Federal n.º 5.699/71, que a partir daí, passaria a ser de responsabilidade do município, tendo como prefeito no período, Bento Coelho Pessoa, que nomearia a senhora Marli Bezerra Moura, como primeira diretora. Depois vieram Marinaldo Castelo Branco Melo, João de Deus Oliveira, Ivan Coelho Dantas, Deoclécio Cavalcante, Ivonete Gomes Medeiros, Rita de Cássia, Kenilda Amélia Dias e atualmente, Sandra Medeiros.

Ainda em 1977, de acordo com o processo n.º 4.733/77, o então senhor prefeito da época solicita a abertura e o funcionamento da 2.ª fase do 1.º grau, tendo no ano de 1978 aberta matrículas para o ano letivo. As demais séries seriam implantadas progressivamente nos anos seguintes, tendo como primeiros professores: Marizinha Bezerra de Medeiros, Osmarise Pinheiro, Terezinha Medeiros, Maria da Conceição Bezerra, Maria da Luz de Medeiros (Maluza), José Ivanildo, Domício Bezerra, entre outros. 

Na ocasião, a instituição educacional teve seus primeiros alunos concluintes: Damiana Maria dos Santos, Aricéu Cunha, Maria da Guia, Maria da Guia Dantas, Lourdinha, Edna Maria, Maria do Socorro, Maria das Graças de Medeiros Lima, Glória Maria, Edival Marques, Paulo de Agenor e Maria Alves.

No ano de 1985, a escola passou a ser responsabilidade do estado, quando passou a ser denominada de Escola Estadual de 1º Grau Antônio Coelho Dantas (ACD). Em 2002, foi implantado o ensino médio, onde dispõe de um espaço físico privilegiado e adequado para o seu funcionamento, bem como, de materiais, utensílios e equipamentos.

Fonte: Facebook/E.E.E.F.M Antônio Coelho Dantas

CONFIRA AS MATÉRIAS RELACIONAS AO COLÉGIO ACD

_______________________________________________________


ALUNOS DO ACD DÃO SHOW EM APRESENTAÇÕES NO BECO DA CULTURA


Dando continuidade as festividades do 54º aniversário de emancipação política de Nova Palmeira, os alunos da Escola Antônio Coelho Dantas (ACD), apresentaram no Beco da Cultura, através de saraus, dois projetos que contaram um pouco da história nova-palmeirense.

Na segunda-feira 13, os jovens do 9º ano apresentaram o projeto: O Jerimum Virou Palmeira, ministrado pela professora Poliana Gomes.

Na atuação, os estudantes fizeram um resgate de Nova Palmeira, através de registros e fatos ocorridos, valorizando a cultura e os costumes.

Na quarta-feira 15, a turma do 8º ano expuseram o projeto: Recortes de Uma Vida, com destaque para a poetisa Zila Mamede (in memórian), que teve suas poesias recitadas pelos novos talentos do ACD.

O projeto ministrado pela docente Maria da Guia Souto tem o intuito de valorizar os escritores da terra de maneira interdisciplinar, buscando uma maior interação por parte dos alunos, tornando as aulas de leitura dinamizadas e prazerosas.

“Queria agradecer a secretaria de Educação, por nos presentear com o Beco da Cultura. Por ser um local aberto e de fácil acesso, nosso trabalho vai ficar em evidência. Tivemos a satisfação de participar da inauguração desse excelente espaço, e a população pôde acompanhar o show que nossos alunos, através das orientadoras Guia e Poliana, proporcionaram”, disse a diretora do ACD, Sandra Medeiros.
_______________________________________________________

ALUNOS DO ACD SE DESTACAM EM ETAPA DOS JOGOS ESCOLARES DA JUVENTUDE

Durante os dias 16, 17 e 18 de outubro, a cidade de João Pessoa sediou a etapa estadual dos Jogos Escolares da Juventude, categoria entre 15 e 17 anos. O município e Nova Palmeira esteve representado por cinco alunos da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Antônio Coelho Dantas (ACD), que competiram nas modalidades vôlei de praia e atletismo.

Os atletas Iarley Havohai e Matheus de Sousa (vôlei masculino), Adellys Raianna e Danielle Marciana (volêli feminino) e Vanessa Silva (atletismo) disputaram com fortes nomes do cenário esportivo estadual e alcançaram ótimos resultados.

Em jogos disputados na praia de Cabo Branco, a dupla feminina do vôlei de praia conquistou a medalha de bronze, depois de vencer dois compromissos na fase inicial e cair na semifinal.

Na mesma praia, a equipe masculina não teve a mesma sorte. Depois de uma vitória e uma derrota na primeira fase, os meninos nova-palmeirenses foram eliminados precocemente.

Já no atletismo, disputado na Vila Olímpica Parahyba, a jovem Vanessa Silva conquistou diante de ótimas adversárias, dois honrosos terceiros lugares, nas provas dos 200m e 400m rasos, deixando o ACD com três bronzes no quadro geral de medalhas.

“Estamos muito felizes pelo resultado dos estudantes na competição, o que nos motiva ainda mais a continuar investindo e acreditando nos nossos atletas. Em nome de toda Família ACD, quero parabenizar os jovens pela conquista e dizer que o resultado positivo desta jornada decorreu pelo excelente trabalho realizado pelos nossos professores de educação física”, externou a diretora do educandário, Sandra Medeiros.

Blog NP
_______________________________________________________

ACD CONVIDA ESTUDANTES E COMUNIDADE EM GERAL A PARTICIPAREM DO 3º AULÃO SOLIDÁRIO


ACD de olho no Enem (Divulgação)
A Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Antônio Coelho Dantas (ACD) comunicou em seu perfil oficial do Facebook, que estará realizando o 3º Aulão Solidário com abordagem voltada para o Exame Nacional de Ensino – ENEM.

Na postagem, a direção convida a comunidade em geral para participar do evento que tem início na segunda-feira, 30 de outubro, e se estende até a sexta-feira, 10 de novembro.

A publicação ainda informa que este ano, o ACD apresenta um cronograma que engloba todas as áreas do conhecimento e todas as competências da prova, com o projeto ganhando força no desenvolvimento da Escola Cidadã Integrada – ECID, promovendo e propiciando atividades de orientação escolar para os estudantes e demais membros da comunidade.

A inscrição será realizada na sede da escola, nos períodos da manhã e da noite, ocasião que será disponibilizado o material e os horários dos aulões.

Programação:
  • 30/10 – Geografia
  • 31/10 – História, sociologia e filosofia
  • 1º/11 – Inglês e espanhol
  • 3/11 – Linguagens e redação
  • 6/11 – Biologia
  • 7/11 – Química
  • 8/11 – Matemática
  • 9/11 – Matemática
  • 10/11 - Física
Blog NP
_______________________________________________________

ESCOLA APOSTA EM PROJETO SOBRE EMOÇÕES PARA RESGATAR AUTOESTIMA E RELACIONAMENTO FAMILIAR


Projeto é promovido pela E.E.E.F.M Antônio Coelho Dantas (Foto: Divulgação)
Na semana em que a campanha Reinserir para Transformar destaca a importância da família do processo de reinserção, uma escola de Nova Palmeira (PB) chama a atenção com uma boa prática que trabalha emoções e relacionamento familiar. Trata-se do projeto Fábrica de Sonhos: o valor das emoções, promovido pela Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Antônio Coelho Dantas, com o objetivo de resgatar a autoestima dos alunos a partir de suas histórias e sentimentos.

A iniciativa tem origem na metodologia do projeto Liga pela Paz, do governo da Paraíba. Está em desenvolvimento desde o início de 2017, idealizada pelos professores Poliana Gomes Medeiros Mendonça e Jeferson Joyly dos Santos Medeiros, com apoio da diretora da Sandra Medeiros, com resultados que vão além da sala de aula.

“Nós temos alunos com realidades e estruturas familiares diferentes. Com o projeto, conseguimos sair do campo pessoal para o campo social, permitindo a compreensão do outro”, explica a professora Poliana. O projeto aproximou os estudantes e resgatou àqueles que estavam desinteressados pela escola.

“Tivemos muitos avanços em relação às emoções. Inclusive com alunos que eram tidos como problemáticos, que não queriam permanecer em sala de aula e agora estão inteirados com a turma, participando das atividades”, destaca a professora Poliana.   

Drogas e reinserção
A partir desse trabalho, a escola relaciona outros temas com os estudantes do 7º ao 9º ano, como drogas e seca. É o caso de uma campanha realizada recentemente, que envolveu todos os órgãos municipais e estaduais. A temática se propôs a debater o que a droga está fazendo hoje.

Junto com o Projeto das emoções, foi percebida uma maior receptividade dos estudantes para os debates propostos. “Nós não podemos mais bater só na mesma tecla dizendo que droga mata. Sim, droga mata, mas o que nós vamos fazer com usuário? Vamos matar? Não. Então vamos reinserir”, explica Jeferson, também professor-auxiliador do programa Liga pela Paz, sobre a importância de trazer para dentro da escola o contexto em que o aluno está inserido e a família para, assim, gerar uma progressão.

Até o final do ano, os alunos ainda vão elaborar um curta-metragem em continuidade ao trabalho das emoções, mostrando onde elas estão inseridas.

Fonte: Reinserir
_______________________________________________________

ESTUDANTES REALIZAM "CHÁ POÉTICO" EM AMOSTRA CULTURAL

Aluno do 7º ano (A)
Recentemente foi realizada uma amostra cultural com estudantes do 7º ano (A) da Escola Antônio Coelho Dantas (ACD), da cidade de Nova Palmeira, região do Seridó paraibano. A amostra foi posta em prática na própria instituição educacional e ocorreu em consonância com o Projeto Jovem Leitor, da professora idealizadora, Guia Dantas.

Os alunos, juntamente com a professora Guia, fizeram um “Chá Poético” com diversas intervenções artísticas, com destaques para declamações, encenações e cantorias, que acompanhado por um bom chá com biscoitos, tornou a tarde bem agradável.
 
Delicioso lanche servido durante a amostra
O projeto visa incentivar a produção pessoal da leitura e escrita, e entra no cardápio do ACD de projetos corriqueiros.

A escola este ano tem se dedicado a trabalhar as emoções, indo de encontro com o Projeto Liga Pela Paz, do Governo do Estado da Paraíba, que incentiva os jovens alunos a buscarem sempre a interdisciplinaridade.

“Quero agradecer aos estudantes do 7º ano (A) por nos proporcionar um momento tão prazeroso em nossa escola. Professora Guia Dantas, parabéns pela execução da belíssima iniciativa”, congratulou a diretora Sandra Medeiros.

Estudantes e a professora Guia (acima)
Jovens participaram ativamente da amostra
Blog NP