Rádio Cenecista de Picuí

domingo, 9 de julho de 2017

Sousa vence e fica mais perto da classificação na Série D; Raposa cede empate no Amigão

Times paraibanos voltam a jogar no próximo domingo, nas casas dos adversários
Divulgação/FPF
Sousa enfrentou Guarany de Sobral no Marizão
Representantes da Paraíba na Série D do Campeonato Brasileiro, Campinense e Sousa entraram em campo neste domingo (9). Esses foram as partidas de ida da segunda fase da competição e o Dinossauro ficou mais perto da classificação, ao vencer o Guarany de Sobral, do Ceará, por 3 a 1. O Campinense, por sua vez, saiu na frente, mas acabou cedendo empate ao Fluminense de Feira, da Bahia. Os dois times paraibanos voltam a jogar no próximo domingo (16), nas casas dos adversários.


Campinense x Flu de Feira
Campinense e Fluminense de Feira de Santa se enfrentaram no Estádio Amigão, em Campina Grande. E no primeiro tempo só deu Raposa. Reinaldo Alagoano abriu o placar aos 18 minutos, de cabeça, ao receber cruzamento feito por Maranhão.

Os anfitriões ainda tiveram outras quatro chances reais de gol, aos 22, 33, 37 e 44 minutos, em jogadas de Muller Fernandes, Negretti e Sávio. Todas elas foram barradas pela qualidade de defesa do goleiro Jair.

No segundo tempo, o jogo ficou mais equilibrado e o Flu de Feira conseguiu criar algumas oportunidades. Sucesso mesmo só veio aos 36 minutos, quando Jonatas Obina recebeu cruzamento de Edson e fez o gol do empate.

Aos 46 minutos, Jair ainda precisou buscar mais uma grande defesa, após chute a gol de Carlos Alberto. Foi o último lance de perigo da partida. 

Sousa 3 x 1 Guarany de Sobral
O Dinossauro do Sertão recebeu o time cearense em casa, no Estádio Marizão, e começou bem a partida. Aos 9 minutos, Iran soube aproveitar jogada de contra-ataque e deu uma arrancada no campo, desarmando a defesa adversária e deixando Isaías em situação privilegiada, livre para marcar.

Mas o Guarany respondeu rápido. Aos 15 minutos, Michel fez de cabeça e deixou tudo igual no placar. Nos minutos seguintes, o ritmo e não parecia que o primeiro tempo ainda reservaria emoções. No entanto, Thiago Almeida aumentou a vantagem do Sousa nos acréscimos, aos 49 minutos.

No segundo tempo, o jogo esfriou um pouco e o Dinossauro arriscou pouco, fortalecendo seu setor defensivo. A estratégia dificultou a vida dos visitantes, que não conseguiram ameaçar. Quase no fim, aos 43 minutos, o Sousa sofreu pênalti e Emanuel fez o terceiro.

Portal Correio

Para postar um comentário:

“É livre a manifestação de opiniões, sendo vedado o anonimato”