Rádio Cenecista de Picuí

quarta-feira, 7 de junho de 2017

Empresária é condenada a devolver R$ 14,5 mil do 'Bolsa Família', na Paraíba

Segundo MPF, ela recebeu os valores ilegais entre janeiro de 2009 e abril de 2015 e foi cadastrada no Bolsa Família após mentir sobre a renda mensal familiar

Uma empresária foi condenada por receber indevidamente R$ 14,5 mil, pagos durante mais de seis anos, do programa Bolsa Família. A condenação foi determinada pelo Ministério Público Federal da Paraíba (MPF-PB).


Segundo o MPF-PB, a empresária recebeu os valores ilegais entre janeiro de 2009 e abril de 2015 e foi cadastrada no Bolsa Família após mentir sobre a renda mensal familiar, alegando se enquadra como baixa renda mesmo sendo dona de um comércio e possuir um carro.

Na decisão, o MPF-PB determinou prisão de um a cinco anos contra a empresária, mas converteu a pena em prestação de serviços à comunidade e depósito mensal de R$ 2 mil para restituir os valores recebidos indevidamente.

Halan Azevedo - Portal Correio

Para postar um comentário:

“É livre a manifestação de opiniões, sendo vedado o anonimato”

Um comentário:

  1. 50% do bolsa família esta assim .... por isto que quem precisa mesmo vai acabar perdendo o benefício , por culpa dos que não precisam !

    ResponderExcluir