Rádio Cenecista de Picuí

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Chove 119 mm em menos de um dia em Teixeira, no Sertão da PB, diz Aesa

Município teve maior chuva entre noite de segunda e manhã desta terça.  Ainda choveu muito nas cidades de São José de Piranhas e Patos
Foto: Reprodução/TV Cabo Branco
Choveu forte em algumas cidades do Sertão da Paraíba nesta segunda-feira (9)
Choveu 119 mílimetros em menos de um dia no Sertão da Paraíba, conforme dados da Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa). O registro foi feito na cidade de Teixeira, que fica a cerca de 320 km de João Pessoa. Ainda conforme a Aesa, segundo dados colhidos entre a noite de segunda-feira (9) e a manhã desta terça (10), foram registrados volumes significativos em outras cidades sertanejas, como São José de Piranhas (100 mm), Patos (82 mm), Cajazeiras (78 mm) e Serra Grande (72 mm).


Ainda conforme registro da Aesa, o registro desta terça-feira (10) foi mais significativo em São José de Piranhas - em todo o mês de janeiro de 2016, o município recebeu cerca de 175 mm de chuvas. No caso de Teixeira, choveu somente em um dia um percentual de 38,5% do total registrado em todo o mês de janeiro no ano passado (309 mm). 

Em Patos foram registradas dezoito ocorrências por conta da chuva, entre alagamentos e desmoronamentos entre a noite de segunda-feira (9) e madrugada desta terça-feira (10) por conta das fortes chuvas que caíram na região. Segundo informações da prefeitura de Patos, uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em Campo da Liga ficou alagada e o Pronto Atendimento Maria Marques também registrou alguns setores alagados.

Treze das ocorrências foram atendidas pelo Corpo de Bombeiros e outras cinco foram acompanhadas pela Defesa Civil da cidade, que atende emergências pelo número (83) 9-9967-6061.

Ainda segundo a prefeitura, o Canal do Frando não transbordou, mas ficou cheio e o represamento alagou algumas ruas na comunidade Dom Bosco. Uma loja de veículos no bairro do Jatobá caiu, assim como parte do tapume do teatro da cidade, dificultando a passagem de veículos nas ruas laterais.

G1 PB

Para postar um comentário:

“É livre a manifestação de opiniões, sendo vedado o anonimato”