Rádio Cenecista de Picuí

segunda-feira, 5 de setembro de 2016

IFPB e UFCG perderão campi do Sertão; desmembramento é realidade

Com isso, os campi de Patos, Sousa, Pombal e Cajazeiras deixarão de fazer parte da UFCG e terão orçamento próprio

Depois de divulgada a implantação do Instituto Federal do Sertão da Paraíba (IFSPB), agora foi a vez da criação da Universidade Federal do Sertão da Paraíba (UFSPB), que terá o desmembramento da Universidade Federal de Campina Grande.


Os desmembramentos fazem parte das Metas do Ministério da Educação para o triênio 2016-2019, que define iniciativas e objetivos a serem alcançados na gestão de Michel Temer.


A medida já foi publicada no Diário Oficial da União. Com isso, os campi de Patos, Sousa, Pombal e Cajazeiras deixarão de fazer parte da UFCG e terão orçamento próprio.

A implantação da UFSPB terá início em 01/01/2017 e poderá se estender por dois anos. Foram destinados recursos da ordem de R$ 300 mil.

A notícia pegou de surpresa a comunidade acadêmica do campus de Cajazeiras e dividiu opiniões, uma vez que a Reitoria da UFSPB pode ficar sediada em Patos, apesar do campus local ter a melhor estrutura e o maior número de alunos.

Já para o Instituto Federal do Sertão da Paraíba o orçamento previsto é de R$ 150 milhões.

Diário do Sertão

Para postar um comentário:

“É livre a manifestação de opiniões, sendo vedado o anonimato”

2 comentários:

  1. Uma correção o invertimento previsto para implantação da UFSPB é R$:300.000.000 (trezentos milhões) espero que tenha sido um erro de digitação pois não há menor possibilidade do invertimento do IFSPB ser maior que o da própria UFSPB. O jornal mostrou os dois lados da discussão. Contudo a matéria não deixa de ser tendenciosa uma vez que o como próprio titulo traz "IFPB e UFCG perderão campi do Sertão" deixando o de lado fato de que o Sertão esta ganhando um Instituto Federal (IFSPB) e uma Universidade (UFSPB) o que é muito bom para o desenvolvimentos da região, além que contaram com mais recursos e independência. Claro, que o debate sobre sede ser em Patos ai invés do Campus de Cajazeiras é pertinente por CZ ter maior duremos de discentes e melhor estrutura, sem falar que a UFSPB era um sonho dos Cajazeirenses.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você deve ser um daqueles que apoiam o desmembramento com base em promessas e criações de cargos comissionados, onde, acredito muito, você seja um beneficiário. Os reais motivos das criações do IFSPB e da UFSPB é,e somente apenas, a criação de novos cargos comissionados.

      Excluir