Rádio Cenecista de Picuí

sexta-feira, 24 de março de 2017

Brasil terá duas novas chuvas de meteoros; veja datas

Os meteoros são partículas de uma estrela cadente

Se você é daqueles que adora olhar para o céu à procura de estrelas ou fenômenos naturais, já pode comemorar. Duas chuvas de meteoros estão previstas para serem observadas no céu do Brasil neste ano.


Para quem não compreende, os meteoros são partículas de uma estrela cadente. As estrelas cadentes são rochosas, ou compostas por ferro, e entram muito rápido na atmosfera da Terra e se queimam com a fricção, dando origem aos meteoros.

O blog Observatório, do G1, explica que durante uma noite escura é possível ver um ou outro meteoro riscando o céu. Mas essa atividade pode ser maior durante um período de tempo e atinge um pico em algum dia específico, formando assim chuvas de meteoros.

Esse fenômeno acontece quando a Terra intercepta a órbita de um cometa, que no seu caminho pelo Sistema Solar deixa pedaços minúsculos de rocha e gelo.

A boa notícia de agora é que uma equipe de entusiastas espalhou estações de monitoramento do céu através de câmeras para constituir a rede BRAMON, que é a sigla em inglês para rede brasileira de observação de meteoros. Essa câmeras estão apontadas para uma direção do céu e filmam durante à noite. O monitoramento do céu em diversas partes do país registra a trilha de meteoros que se queimam na atmosfera.

O G1 destaca que existem atualmente 82 estações espalhadas por 19 estados brasileiros e já tem o registro de mais de 82 mil meteoros.

DATAS
Segundo a Bramom, os Celídeos de agosto indicam que no dia 5 de agosto, por volta das três horas da manhã, a constelação do Cinzel está mais alta no céu e previsão é de haver chuva de meteoros.

Outra data esperada é a madrugada do dia 11 para 12 de junho. Os Épsilon Gruídeos indicam que a formação do fenônemo pode estar prevista devido a Formalhaut, uma estrela brilhante e azulada que ajuda na localização.

Notícias ao Minuto

Para postar um comentário:

“É livre a manifestação de opiniões, sendo vedado o anonimato”

Operação desarticula quadrilha suspeita de tráfico e homicídios na PB

Bando também é suspeito de latrocínios e crimes patrimoniais. Ao menos 11 suspeitos foram detidos
Divulgação/Secretaria da Segurança Pública
Operação deteve 11 suspeitos
no Litoral Norte
Pelo menos 11 pessoas, entre elas um adolescente, foram detidas na Operação Vendaval, deflagrada pelas polícias Civil e Militar na manhã desta sexta-feira (24) na cidade Itapororoca, no Litoral Norte da Paraíba.


Segundo divulgado pela Secretaria da Segurança Pública, o bando é suspeito de homicídios, latrocínios, tráfico de drogas e crimes patrimoniais. A operação conta com a participação de mais de 70 policiais, que cumprem mandados de prisão e busca e apreensão. Com a quadrilha, a polícia apreendeu algumas armas de fogo e também uma quantidade de drogas.

Até a publicação desta matéria, a Secretaria da Segurança Pública não tinha divulgado mais detalhes da operação. Os suspeitos detidos foram levados para a Delegacia de Mamanguape e, em seguida, encaminhados para a Central de Polícia em João Pessoa.

Portal Correio

Para postar um comentário:

“É livre a manifestação de opiniões, sendo vedado o anonimato”

Corpo encontrado carbonizado no porta-malas de carro é de comerciante de cigarros

Batista, como era conhecido, comercializava cigarros e foi visto com vida pela última vez na noite de quarta-feira (22), em Soledade
Reprodução
Batista
O corpo encontrado carbonizado na mala de um veículo incendiado no sítio Barra da Canoa, município de Pedra Lavrada, no Seridó paraibano, na madrugada dessa quinta-feira (23), foi identificado e, de acordo com informações de um policial civil, trata-se do comerciante, João Batista Silva de Melo, residente na cidade de Santa Luzia, região do Sabugi (Relembre o caso AQUI).


O corpo foi necropsiado por uma equipe do Instituto de Polícia Científica (IPC), que esteve no local onde o carro foi encontrado queimado e a vítima carbonizada no porta malas, as margens da PB-177 (Rodovia do Minério), próximo a entrada que dar acesso à cidade de Cubati.

Batista, como era conhecido, comercializava cigarros e foi visto com vida pela última vez na noite de quarta-feira (22), em Soledade.

Ele estava em um espetinho da cidade, onde tomou alguns aperitivos e comeu carne. Familiares do comerciante disseram que ele teria sido vítima de sequestro.

O crime chocou a Paraíba devido a crueldade que os bandidos usaram porque, próximo ao carro um CrossFox de cor branca, fora encontradas pedras manchadas de sangue, o que leva a crer que ele pode ter sido morto a pedradas e depois colocado no porta malas do veículo e incendiado em seguida.

Carro foi encontrado na zona rural de Pedra Lavrada (Foto: Reprodução)
Heleno Lima

Para postar um comentário:

“É livre a manifestação de opiniões, sendo vedado o anonimato”

Raio cai sobre serra no CE e ocasiona 'bola de fogo'; veja vídeo

Uma bola de fogo foi ocasionada em virtude do raio

Momento em que raio atingiu a serra (Foto: Reprodução)
Um popular registrou na tarde dessa quinta-feira, 23, na cidade de Quixadá, na região Central do Ceará, o exato momento em que um raio caiu em um dos Monólitos, causando grande explosão.


A pessoa, que supostamente estava recolhendo lixo no campus do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará, Campus de Quixadá-IFCE filmava o local quando foi surpreendido pelo raio.  Uma bola de fogo foi ocasionada em virtude do raio.

No momento desse raio, a equipe da RC TV estava no açude Cedro quando ocorreu o sinistro. Ninguém foi atingido. No local, chovia bastante com relâmpagos e trovões, algo que vem sendo corriqueiros nos últimos dias em Quixadá.

Veja o vídeo


Correio Pedrabranquense

Para postar um comentário:

“É livre a manifestação de opiniões, sendo vedado o anonimato”

quinta-feira, 23 de março de 2017

Evangelho do Dia: (Mc 12,28b-34) - sexta-feira, 24 de março de 2017

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, Um mestre da Lei, aproximou-se de Jesus e perguntou: 'Qual é o primeiro de todos os mandamentos?' Jesus respondeu: 'O primeiro é este: Ouve, ó Israel! O Senhor nosso Deus é o único Senhor. Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todo o teu entendimento e com toda a tua força! O segundo mandamento é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo! Não existe outro mandamento maior do que estes'. O mestre da Lei disse a Jesus: 'Muito bem, Mestre! Na verdade, é como disseste: Ele é o único Deus e não existe outro além dele. Amá-lo de todo o coração, de toda a mente, e com toda a força, e amar o próximo como a si mesmo é melhor do que todos os holocaustos e sacrifícios'. Jesus viu que ele tinha respondido com inteligência, e disse: 'Tu não estás longe do Reino de Deus'. E ninguém mais tinha coragem de fazer perguntas a Jesus.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.

Pneu estoura e carro de feirantes capota na PB-177, próximo a Soledade

O veículo seguia com três feirantes abordo, que voltava da feira livre de São Vicente do Seridó, com destino a Juazeirinho

Carro capotou na PB-177 com três pessoas
(Imagem compartilhada no WhatsApp)

Ministério prevê duplicar vazão de água da transposição a partir de sexta

Volume de água sobe de 2 m³/s para 4,5 m³s após encher reservatórios. Apenas uma das duas motobombas do Eixo Leste está em operação

A vazão da água da transposição do Rio São Francisco no Rio Paraíba deve duplicar a partir desta sexta-feira (24), segundo informou a assessoria de comunicação do Ministério da Integração Nacional. De acordo com o órgão, a vazão atual de 2 m³/s deve subir para 4,5 m³/s após o enchimento dos reservatórios de Campos e Barro Branco, nas cidades de Sertânia e Custódia, respectivamente, em Pernambuco.


De acordo com o ministério, a sexta estação de bombeamento do Eixo Leste da transposição é composta de duas motobombas, mas apenas uma delas está operando, em fase de testes. Cada bomba tem capacidade para liberar uma vazão de 4,5 m³/s, o equivalente ao volume necessário para atender a uma população de cerca de 2 milhões de pessoas e suficiente para que a água do Rio São Francisco chegue ao Açude de Boqueirão.

O Ministério da Integração Nacional esclarece, ainda, que a liberação da vazão completa da motobomba em operação só pode ser feita após o processo de enchimento dos reservatórios pernambucanos, que ficam após a estação.

A expectativa é de que seja entregue 9m³/s de água quando os dois conjuntos de motobombas estiverem funcionando simultaneamente.

O Ministério da Integração Nacional não informou sobre a previsão de quando a outra motobomba deve começar a funcionar nem estipulou um prazo para que a água da transposição chegue ao Açude Epitácio Pessoa, em Boqueirão.

Caminho das águas
No eixo leste da transposição, a água do Rio São Francisco é captada na cidade Petrolândia, em Pernambuco, e segue até a cidade de Monteiro, na Paraíba, passando por canais, aquedutos, 12 reservatórios e um túnel. Depois que a água chega a Monteiro, ela segue pelo Rio Paraíba e vai para os açudes de São José I e açude Poções, ainda em Monteiro.

Em seguida, a água vai para o açude de Camalaú e depois segue para Boqueirão, açude de Acauã, e, por fim, para um perímetro irrigado na região do município de Sapé.

G1 PB

Para postar um comentário:

“É livre a manifestação de opiniões, sendo vedado o anonimato”

Entenda o que muda com a terceirização e o que isso afeta no seu emprego

Segundo a advogada trabalhista Vanessa Porto, a aprovação do PL 4.302/1998 é recebida com muitas dúvidas e preocupações por parte de todos

A Câmara dos Deputados votou na noite desta quarta-feira (22) o texto-base do Projeto de Lei que libera a terceirização para todas as atividades das empresas. O projeto foi aprovado por 231 a favor, 188 contra e 8 abstenções. Mas até que ponto a decisão pode ser benéfica ou prejudicial aos trabalhadores? E aos patrões? O Correio Online conversou com a advogada trabalhista Vanessa Porto para tratar sobre as principais questões do tema.


Segundo ela, a aprovação do PL 4.302/1998 é recebida com muitas dúvidas e preocupações por parte de todos. Ela afirmou que “traz muitas mudanças pra legislação trabalhistas e pra direitos tão duramente conquistados pelo trabalhador ao longo de muitos anos e, sobretudo, após o advento da Constituição de 1988”.

“Nesse momento inicial, talvez seja difícil mencionarmos os pontos efetivamente positivos da mudança legislativa que está prestes a se concretizar em nosso ordenamento jurídico, mas, podemos dizer que ao menos teremos uma legislação que disciplinará o assunto, coisa que até então não tínhamos, de modo que a terceirização ocorria e está ficava quase que 100% a mercê da interpretação do judiciário, que tratava o tema, até então, com base em entendimentos jurisprudenciais, sobretudo com a Súmula nº 331 do Tribunal Superior do Trabalho”, explicou.

A especialista afirmou ainda que o empresariado será quem mais se beneficiará com a medida, já que poderá diminuir os custos, aumentando os lucros.

“Talvez para o empresário os pontos positivos sejam mais fáceis de visualizar, sobretudo porque diminuirá custos com a contratação de pessoal, já que poderá contratar empresa interposta que fará o trabalho de recrutar e pagar aos empregados que prestarão serviço em sua empresa, retirando de si tal responsabilidade. A diminuição de custos se verá, sobretudo, porque poderá requerer a substituição daquele empregado de forma imediata sem, necessariamente, ter de arcar com as indenizações que a lei prevê para as situações de demissão sem justa causa”, explanou.

Porém, a medida não é tão boa para o trabalhador, já que pode representar uma afronta aos direitos trabalhistas atualmente consolidados.

“Para o trabalhador, por sua vez, entendo que seja mais difícil visualizar, ao menos agora, pontos efetivamente positivos com a demanda, já que talvez passemos a visualizar, com maior frequência, a exceção à regra do direito do trabalho (que é o contrato de trabalho por prazo indeterminado), possuindo, o empregado, acesso mais a contratos de trabalho por prazo determinado (como é o trabalho temporário, que é a que se direciona o PL 4.302/1998), que, por sua vez, autoriza o término da relação sem pagamento das indenizações que se têm para o término do contrato por prazo indeterminado”, afirmou.

Apesar da explanação, Vanessa afirmou que é importante antes de tudo observar como o mercado irá responder às mudanças.

“Claro que precisaremos ver como tudo isso vai se comportar no mercado, de forma prática, e, sobretudo, perceber como o Judiciário se posicionará quando os dissídios individuais e coletivos, envolvendo tais questões, lhes forem apresentados. Mas, de fato, a primeira vista, é temerária a aprovação do PL 4.302/1998 que é um texto bem mais duro e menos debatido do que outros que tramitava, sobre a matéria, no Congresso Nacional, a exemplo do PL 30/2015 do Senado”, relatou.

Aprovação vai gerar mais empregos?

Uma das defesas feitas pelo Governo Federal e os defensores do Projeto de Lei é que com a aprovação, mais empregos serão gerados. Vanessa explica esta situação.

“A afirmação do governo de que a terceirização, que, frise-se, com o PL 4.302/1998, será permitida para toda e qualquer atividade da empresa (ou seja, uma escola que hoje só contratava terceirizados para serviços de limpeza e manutenção ou de segurança, por exemplo, poderá também terceirizar a mão-de-obra dos professores e das auxiliares), gerará mais empregos se baseia no argumento de que a especialização do serviço promoverá um aumento na produtividade, além de facilitar a abertura de novas vagas nas empresas, porque, segundo afirmam, muitas empresas resistem à possibilidade de aumentar os empregos devido a rigidez das leis trabalhistas. Isso, porém, como disse, não nos é garantido completamente. A prática precisará nos mostrar isso, de fato. Porém, ainda que significa a abertura no número de vagas, o que precisará ser analisado é que consequências isso trará para o trabalhador e para a Justiça Social, que é fundamento do nosso Estado Democrático de Direito. Afinal de contas, que adianta termos mais vagas de emprego, porém, a dignidade do trabalho e sua estabilidade financeira, econômica e até psicológica sejam abaladas?”, frisou.

Por fim, ela disse que a medida não pode ser completamente criticada, nem tão pouco aceita. “Acredito que nada é de todo ruim, nem de todo bom, porém, que o PL 4.302/1998 poderá trazer mudanças sem volta para o direito do trabalho no Brasil, isso é indiscutível”, finalizou.

O que os deputados paraibanos pensam?

Dos 12 deputados federais que compõem a bancada paraibana na Câmara Federal, apenas 9 votaram. Destes, cinco foram a favor do PL e quatro contra. Os outros três se abstiveram. Para o deputado Veneziano Vital do Rêgo (PMDB), que votou contra, a decisão coloca sob risco as relações de trabalho.

“Votei contra por uma razão clara e que ao meu ver, quando propõe uma terceirização de forma ampla, você está colocando sob altíssimo riso as relações de trabalho. Alguns segmentos de trabalhadores que vão ter as suas carreiras fragilizadas”, resumiu.

Já o deputado Pedro Cunha Lima (PSDB) defendeu que a medida vai promover a inclusão de trabalhadores que já atuam nesse tipo de regime e garantir que o País avance e se modernize. O parlamentar esclareceu que a lei não retira os direitos dos trabalhadores e não rasga a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

“O que acontece é que muitos pegam esse tema para fazer debate político, se promover politicamente e receber aplauso fácil. É bom esclarecer que não há nenhum artigo dessa lei que impeça o cumprimento de qualquer ponto da CLT. Pelo contrário, quem é contratado por esse regime terá os mesmos direitos de quem já é contratado pela CLT, tal qual FGTS, férias, décimo terceiro e todos os outros. E mais, a empresa que contrata a terceirizada também fica responsável por esses direitos”, explicou o deputado.

Outro que votou favorável à terceirização foi o parlamentar Benjamin Maranhão (SD), que afirmou que  a medida apenas regulariza uma situação já vivida por 15 milhões de brasileiros que trabalham dessa forma, como terceirizados. Antes de mais nada, Benjamin deixou claro que o projeto não tem a intenção de acabar com a realização de concursos públicos e nem de reduzir empregos no País. “Até porque se fosse assim, teria votado contra”, afirmou.

Benjamin explicou que a matéria já tinha sido votado isso na Câmara. “É um projeto que não fala em retirada de direito de ninguém, pelo contrário, não mexe em nada com a CLT. Apenas está regulamentando uma situação que já existe no Brasil. Temos quase 15 milhões de trabalhadores terceirizados que não têm direito nenhum e com esse projeto, permanece a responsabilidade subsidiária da empresa que contrata, como também cria uma série de exigências, entre elas, a necessidade de haver um fundo para o pagamento das verbas indenizatórias dos funcionários, bem como a questão previdenciária”, disse.

Rammon Monte  - Correio Online

Para postar um comentário:

“É livre a manifestação de opiniões, sendo vedado o anonimato”

Motorista morre ao tombar caminhão com botijões de gás em trecho da BR-230

Por causa do acidente, trânsito ficou interrompido em trecho entre Riachão de Bacamarte e Ingá
Foto: Jackson Rondineli/TV Paraíba
Motorista morreu após caminhão carregado com gás tombar na BR-230
Um homem morreu, na manhã desta quinta-feira (23), após tombamento do caminhão que ele conduzia. O acidente aconteceu no quilômetro 119 da BR-230, limite entre os municípios Riachão de Bacamarte e Ingá.


O veículo de carga transportava botijões de gás e, devido à constatação de vazamento, a área foi interditada. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o trânsito foi interrompido no sentido Campina Grande/João Pessoa.

Até a publicação desta matéria, a PRF não tinha informações sobre o que poderia ter causado o acidente. 

Portal Correio

Para postar um comentário:

“É livre a manifestação de opiniões, sendo vedado o anonimato”

Veículo é encontrado queimado na zona rural de Pedra Lavrada com corpo carbonizado

Segundo moradores, pela madrugada ouviram-se alguns veículos transitando na comunidade, momentos depois disparos de armas de fogo foram ouvidos e, em seguida chamas foram vistas

Veículo CrossFox foi encontrado totalmente queimado
Nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira (23), um veículo foi encontrado totalmente queimado na comunidade Barra da Canoa, no município de Pedra Lavrada PB, e na mala se encontrava um corpo completamente carbonizado. De acordo com informações publicadas nas rádios de Picuí, o veículo é um CrossFox vermelho.


Segundo moradores, pela madrugada ouviram-se alguns veículos transitando na comunidade, momentos depois disparos de armas de fogo foram ouvidos e em seguida chamas foram vistas.

A polícia foi informada do fato e compareceu ao local que foi isolado e o Núcleo de Medicina e Odontologia Legal – NUMOL – foi informado para recolhimento do corpo carbonizado que será periciado.

De acordo com publicação do São Vicente Agora, moradores de Seridó, que fica a cerca de 5 km do local do crime, relataram que por volta das 3h30 manhã de hoje, escutaram o barulho de um carro de cor vermelha, rebocando um carro de cor azul, que chegou a deixar marcas na rodovia PB 177. A polícia investiga se este fato tem alguma relação com o veículo carbonizado.

A Polícia Civil deverá ficar responsável pelas investigações e desvendar o caso.

ClickPicuí

Para postar um comentário:

“É livre a manifestação de opiniões, sendo vedado o anonimato”

Policiais do 9º BPM realizam blitz em São Vicente do Seridó

Durante todo dia foram realizadas várias abordagens na feira livre da cidade e em Seridó que fica a 9 km de São Vicente
Foro: Reprodução
Ação foi realizada durante essa quarta-feira (22)
Nessa quarta-feira (22), o TC Afonso Galvão praticamente instalou o comando no 9º BPM na cidade de São Vicente do Seridó PB. Durante todo dia foram realizadas várias abordagens na feira livre da cidade e em Seridó que fica a 9 km de São Vicente. O objetivo era tirar de circulação armas, veículos automotores com queixa de roubo/furto e algum indivíduo foragido da justiça.


De acordo com informações, o município vinha enfrentando uma onda de violência e a população clamava por segurança; em virtude do clamor popular, a administração municipal solicitou ao comandante do 9º Batalhão de Polícia Militar (9ºBPM) tenente coronel Afonso Galvão, que fossem tomadas providências para coibir a criminalidade em São Vicente.

Na última sexta-feira (17) o sargento Eleutério assumiu o comando do policiamento de São Vicente do Seridó e de Cubatí – PB e de imediato implantou uma nova metodologia de trabalho, e tem sido apoiado pela população.
De pulso firme e audacioso, o sargento realizou blitz em vários pontos da cidade e à noite, também realizou abordagens em praça pública e coibiu o abuso de sons automotivos, os chamados paredões.

À noite de sábado foi considerada um sossego pela população e populares aprovaram as ações da guarnição policial. Uma cidadã afirmou que depois de muito tempo, o padre conseguiu celebrar a missa sem interferências de barulhos de paredões de som.

A população de Seridó que fica a 9 km de São Vicente, onde também foram realizadas abordagens, aprovou a atuação da polícia.

No final de semana passado foram apreendidas 10 facas peixeiras, 01 punhal e 13 motoqueiros usando motos com canos adulterados foram abordados e orientados a trocarem os canos barulhentos por canos originais.

Os donos de bares foram informados que sons automotivos estão proibidos de serem ligados no horário da missa. Também foi realizada uma ronda pelos bares juntamente com o Conselho Tutelar para coibir a venda de bebidas alcoólicas a menor de idade.

Para entrar em contato com o Destacamento da Polícia Militar no município é só ligar 9 8746-1062.

A guarnição comandada pelo sargento Eleutério continuará atenta cuidando da segurança pública em São Vicente do Seridó.

São Vicente Agora

Para postar um comentário:

“É livre a manifestação de opiniões, sendo vedado o anonimato”

Racionamento em CG só diminuirá em 2022 se vazão da transposição não subir, diz professor

Afirmação é do professor da UFPB e doutor em recursos hídricos, Francisco Sarmento, que alertou que além da barragem de Barreiros outros dois mananciais apresentaram problemas em PE

O professor da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e doutor em recursos hídricos, Francisco Sarmento, afirmou na tarde desta quarta-feira (22), que se a vazão da transposição das águas do rio São Francisco continuar em torno de 300 litros por segundo o racionamento de Campina Grande só será amenizado daqui há cinco anos e três meses. A declaração foi rebatida pelo presidente da Agência Estadual de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa), João Fernandes, que aguarda dados sobre a atual vazão de água para Monteiro.


Em entrevista ao Correio Debate, na TV Correio, Francisco Sarmento alertou que além da barragem de Barreiros, em Pernambuco, outros dois mananciais apresentaram problemas e têm suas estruturas comprometidas.

"Eu estive fazendo essa viagem no último dia 19 ao projeto, visitei desde a Estação de Bombeamento número 5 (EVB-5) até o desague da água na Zona Urbana em Monteiro. A conclusão disso tudo é que a EVB-5 estava parada, a EVB-6 apenas uma funcionava. Três barragens estavam com problemas na sua parede, uma delas se rompeu, que foi Barreiros. As outras duas, Campos e Barro Branco, não romperam porque foram tomadas providências rápidas. Porém, essas três barragens não podem trabalhar cheias", afirmou o professor. 

Segundo o professor, foram feitos reparos nesses três barragens, mas elas não estão aptas a receber a capacidade total de água prevista. Ainda segundo Francisco Sarmento, o ideal é que a vazão atingisse os 9 mil litros por segundo para que os prazos previstos pela Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa) e pela Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) para o fim do racionamento em Campina Grande sejam cumpridos.

"Se esses problemas nas barragens não forem corrigidos nos próximos meses a água não poderá ser aumentada em termos de volume, a não ser que se tome providências urgentes. Se permanecer os 300 litros por segundo vai levar 5,3 anos para levar 50 milhões de metros cúbicos (m³) em Boqueirão", contou Sarmento.

Francisco Sarmento observou que mesmo na cidade de Monteiro, a água não chega as torneiras e que na Zona Rural do município fica inviável para a Cagepa construir sistemas de abastecimentos singelos para levar água da transposição a comunidades mais distantes.

Na entrevista ao Correio Debate, Francisco Sarmento disse ainda que não acredita que o Eixo Norte da transposição seja concluído até o fim deste ano.

Aesa rebate
Ao Portal Correio, o presidente da Aesa disse que faltam dados técnicos nas afirmações de Francisco Sarmento. Apesar disso, João Fernandes reconheceu que a obra da transposição não foi concluída e que passa por dificuldades.

"Relatório sem fundamentação técnica. Temos conversado com o ministério. Acho que o ministério tem agido com seriedade. Tiveram problemas, mas eles estão sendo resolvidos. Claro que a obra não foi concluída. Foi prometido e eu esperava vazão de 9 mil litros por segundo, mas nos foi entregue 4,5 mil litros por segundo e esse número caiu para 1,8 mil litros por segundo por conta dos problemas com a bomba. Esperamos que o prazo de resolução do problema (até o fim deste mês) seja cumprido e que nós voltemos a receber o que foi prometido, para que possamos seguir com o cronograma para Boqueirão”, afirmou João Fernandes.

Na manhã desta quarta-feira (22), na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), o deputado estadual João Henrique (DEM) reconheceu que a população de Monteiro espera por essa água nas torneiras.

Eixo Norte teve licitação concluída

Na noite dessa terça, Parlamentares paraibanos e de outros estados participaram de uma reunião com o ministro da Integração Nacional, Hélder Barbalho, para agilizar a obra.

Durante a reunião, o ministro afirmou que o processo de licitação teve um vencedor e que as obras devem começar o mais rápido possível.

Ainda na reunião, os parlamentares paraibanos debateram o andamento do Ramal Piancó, que vai perenizar o Rio Piancó e levar água para o conjunto de barragens Coremas-Mãe D’Água.

Em ambos os casos, o ministro Hélder Barbalho confirmou que os cronogramas serão mantidos e que não haverá mais atraso na conclusão dos trechos.

Hermes de Luna e Halan Azevedo - Portal Correio

Para postar um comentário:

“É livre a manifestação de opiniões, sendo vedado o anonimato”

quarta-feira, 22 de março de 2017

Evangelho do Dia: (Lc 11,14-23) - quinta-feira, 23 de março de 2017

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, Jesus estava expulsando um demônio que era mudo. Quando o demônio saiu, o mudo começou a falar, e as multidões ficaram admiradas. Mas alguns disseram: 'É por Belzebu, o príncipe dos demônios, que ele expulsa os demônios.' Outros, para tentar Jesus, pediam-lhe um sinal do céu. Mas, conhecendo seus pensamentos, Jesus disse-lhes: 'Todo reino dividido contra si mesmo será destruído; e cairá uma casa por cima da outra. Ora, se até Satanás está dividido contra si mesmo, como poderá sobreviver o seu reino?

Vós dizeis que é por Belzebu que eu expulso os demônios. Se é por meio de Belzebu que eu expulso demônios, vossos filhos os expulsam por meio de quem? Por isso, eles mesmos serão vossos juízes. Mas, se é pelo dedo de Deus que eu expulso os demônios, então chegou para vós o Reino de Deus. Quando um homem forte e bem armado guarda a própria casa, seus bens estão seguros. Mas, quando chega um homem mais forte do que ele, vence-o, arranca-lhe a armadura na qual ele confiava, e reparte o que roubou. Quem não está comigo, está contra mim. E quem não recolhe comigo, dispersa.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.

Polícia identifica empresário de Campina como dono de arsenal apreendido na PB

Levantamentos policiais mostram que o empresário seria um dos líderes de um grupo criminoso especializado em ataques a caixas eletrônicos com atuação nos estados da Paraíba e Pernambuco
Divulgação/Secom-PB
Polícia procura empresário suspeito
A Delegacia de Roubos e Furtos de Campina Grande descobriu, durante investigação, que o empresário campinense Erivaldo Nascimento dos Santos, de 39 anos, do ramo de revenda de gás de cozinha, é o dono de um dos maiores arsenais encontrados na Paraíba, apreendido durante uma operação realizada por policiais militares no dia 25 de novembro de 2016, nos municípios de Barra de Santana e Queimadas, no Agreste Paraibano. Os levantamentos policiais mostram que o empresário seria um dos líderes de um grupo criminoso especializado em ataques a caixas eletrônicos com atuação nos estados da Paraíba e Pernambuco.


Durante a operação, duas pessoas foram presas e três criminosos teriam escapado do cerco policial. Uma delas seria o empresário campinense, que já tem mandado de prisão e é considerado foragido da Justiça. Na época foram encontrados seis fuzis, uma submetralhadora, cinco pistolas, mais de mil munições, nove coletes à prova de balas, roupas camufladas e fantasias de palhaço. Entre os explosivos estavam 29 dinamites com detonadores e grampos que são espalhados pelos criminosos em rodovias para impedir as perseguições policiais. O material estava dentro de um veículo que pertence a Erivaldo. A PM também achou três carros e uma motocicleta.

Com as prisões e apreensões das armas, a polícia acredita que impediu que o planejamento do grupo criminoso fosse colocado em prática, já que tudo indicava que o objetivo deles seria explodir caixas eletrônicos de agências bancárias da região. “Durante meses ouvimos várias pessoas, investigamos denúncias na tentativa de identificar os outros integrantes do grupo que continuam foragidos, também realizamos exames periciais e, no cruzamento de todos estes dados, chegamos até ‘Neguinho do gás’, como é conhecido Erivaldo. Não há dúvidas de que ele é o dono do arsenal apreendido pela PM”, disse o delegado Cristiano Santana. 

A polícia pede para que quem tiver informações sobre o paradeiro do empresário ou qualquer outro dado que possa ajudar na investigação sobre este grupo criminoso, ligar para o número 197 - Disque Denúncia da Secretaria de Estado da Segurança e da Defesa Social (Seds). Não precisa se identificar.

Portal Correio

Para postar um comentário:

“É livre a manifestação de opiniões, sendo vedado o anonimato”

Chove forte na Serra de Cuité; temporal teve ventania e granizo

A chuva começou por volta das 15h30, e o que parecia ser passageiro, sem tornou um pé-d'água
Foto: Reprodução/NoticiandoPB
Muita chuva na Serra de Cuité
No Dia Mundial da Água, nada melhor do que comemorar essa data, com o bem mais precioso da humanidade. Na tarde desta quarta-feira (22), a Serra de Cuité, registrou a chuva mais intensa do ano, com direito a trovões, relâmpagos, arco-íris e até chuva de granizo.


A chuva começou por volta das 15h30, e o que parecia ser passageiro, sem tornou um pé-d'água. Antes mesmo dos primeiros pingos de água caírem no solo da Princesinha do Curimataú, uma bela imagem já se formava na direção de Cuité, avisando que logo mais, algo abençoado estava por vir.

Em Nova Floresta e na vizinha cidade de Jaçanã, no Rio Grande do Norte, moradores registraram pedras de granizo. Árvores chegaram a cair com a força do vento e algumas foram destruídas provavelmente por raios. Residências também foram destelhadas devido à ventania.  Apesar dos estragos, não houve a informação de alguém ferido.

O aposentado seu Antônio, que reside na Rua João Pessoa, em Nova Floresta, disse que está animado para iniciar a sua plantação, segundo ele, a direção de onde a chuva vem e o sentido da estrela d’alva aponta ano propicio para a lavoura. "Vou já começar a minha lavoura, a posição da estrela d'alva diz que a invernada vai ser boa para plantação", concluiu o idoso.

A previsão do tempo indica mais chuva para a Serra de Cuité nos próximos dias. 

Até o fechamento dessa matéria, não houve relatos de chuvas nas demais cidades do Curimataú e Seridó paraibano.

Gustavo Camelo/NoticiandoPB

Para postar um comentário:

“É livre a manifestação de opiniões, sendo vedado o anonimato”

Polícia prende trio da cidade de Picuí praticando estelionato em Tocantins

O trio, que disse ser de Picuí, estaria aplicando um golpe onde uma das mulheres ficava deitada dentro de um veículo e os comparsas saiam pelas ruas pedindo dinheiro para um falso tratamento médico
Foto: Folha do Bico
Trio é da cidade de Picuí
Duas mulheres e um homem foram abordados pela Polícia Militar (PM), na manhã desta quarta-feira, 22, suspeitos de estelionato, na Avenida Araguaia, no centro da cidade de Araguatins, no Estado do Tocantins. 


O trio estaria aplicando um golpe onde uma das mulheres ficava deitada dentro de um veículo e os comparsas saiam pelas ruas pedindo dinheiro para um falso tratamento médico.

Na ação, eles utilizavam uma caixa de som em cima do veículo e anunciavam que a “falsa doente” estava em fase terminal, precisando de ajuda financeira.

Golpe aplicado por trio era dentro de um carro com som (Foto: Reprodução/Folha do Bico)
Após serem detido, o grupo disse ser da cidade de Picuí, no Seridó da Paraíba, distante mais de 1.700 km de Araguatins. Os falsários foram levados para a Delegacia de Polícia Civil onde responderão por crime de estelionato.

Internautas da cidade Araguatins usaram as redes sociais, para parabenizar a polícia pela detenção dos falsários e também para reclamar do trio que usou de má fé para enganar as pessoas.

Folha do Bico

Para postar um comentário:

“É livre a manifestação de opiniões, sendo vedado o anonimato”

Jorge de Altinho quer mais espaços para o forró autêntico nas festas juninas

Durante o lançamento de CD com os seus grandes sucessos, O cantor e compositor Jorge de Altinho cobrou mais espaços para o forró autêntico nas festas de São João
Foto: Marco Vieira
Cantor e compositor Jorge de Altinho
O cantor e compositor Jorge de Altinho cobrou, nesta quarta-feira (22), mais espaços para o forró autêntico nas festas de São João.


Durante o lançamento de CD com os seus grandes sucessos, Jorge de Altinho, não se mostrou contra o forró estilizado, mas disse que se sentiria feliz se a música que ele faz tocasse mais nas festas juninas.

“Eu gostaria muito que a nossa música nordestina e a que eu faço tivesse mais espaço pelo menos durante o São João porque é uma música que retrata o Nordeste e as nossa tradições. As pessoas que vêm de outros lugares querem ver a nossa cultura. O baião, o xaxado criados por Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro, Marinês, Trio Nordestino e tantos outros. Se continuar, assim vai se substituir até o milho e a canjica”, afirmou Jorge de Altinho em entrevista o Correio Debate, da FM.

Roberto Targino – MaisPB

Para postar um comentário:

“É livre a manifestação de opiniões, sendo vedado o anonimato”

Paraíba é o estado com maior número de cidades sem água em todo o Brasil

O estado da Paraíba é o que concentra maior número de municípios em situação de emergência

Em 2017, em todo o Brasil, já são 872 as cidades com reconhecimento federal de situação de emergência causada por um longo período de estiagem. A região mais afetada é a do Nordeste e o estado da Paraíba é o que concentra maior número de municípios, com 198 que comunicaram o problema à Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec).


O professor Sérgio Koide, do Departamento de Engenharia Civil e Ambiental da Universidade de Brasília (UnB), explica que o que deflagra o processo da crise hídrica é o clima, mas a falta de planejamento faz com que a margem de segurança entre a oferta e a demanda seja muito pequena. “Com um bom planejamento e com investimentos, você consegue fazer uma gestão mesmo em situações de certa escassez de recursos”, explica. Para ele, o risco de insuficiência de água para o abastecimento ocorre quando o planejamento não é cumprido, na medida que a oferta vai se aproximando da demanda. “Neste caso, é preciso fazer um novo planejamento, com antecedência, e adotar as medidas necessárias, como investimentos em obras, para evitar a falta de abastecimento.”

O engenheiro explica que, no Distrito Federal, por exemplo, a Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) sabia desde o ano 2000 que “a partir de 2005 a demanda se aproximaria perigosamente da oferta”. “De maneira geral, as pessoas que trabalham com o planejamento conseguem antever quando vai começar a zona de risco, mas como o planejamento é longo prazo e os investimentos são altos, nem sempre eles são cumpridos.”

Agência Brasil

Para postar um comentário:

“É livre a manifestação de opiniões, sendo vedado o anonimato”